quarta-feira, 10 de julho de 2013

Amanhã faremos paralisação pelo 11 de julho: dia nacional de luta

Amparados pela Central Unica dos Trabalhadores e sensíveis ao processo de luta não apenas dos trabalhadores da Educação mas também outros trabalhadores e causas sociais, a categoria dos trabalhadores da educação de campo redondo estão convidados a paralisar suas atividades amanhã, quinta feira em apoio a campanha da CUT e CNTE.




As Centrais Sindicais convocam os trabalhadores e a população em geral para saírem às ruas e promover greves, grandes manifestações de protesto e passeatas, no dia 11 de julho.
A CNTE realizará um ato público em frente a sede do MEC, na Esplanada dos Ministérios, às 10h, para cobrar o cumprimento das principais pautas da educação. Mais de 100 pessoas são esperadas.
A CUT e as centrais exigem do governo e do Congresso Nacional medidas para aprovar e por em prática as nossas reivindicações que constam da pauta trabalhista. Lutamos por um Brasil melhor, com desenvolvimento, valorização do trabalho, distribuição de renda e justiça social. O grito que ecoa das ruas por melhorias em saúde, educação, transporte público, segurança, moradia, entre outros, são antigas reivindicações das Centrais Sindicais e dos Movimentos Sociais.
Contudo, este é o momento certo para conquistar os avanços necessários para que tenhamos, realmente, um Brasil mais justo e igualitário, com valorização da classe trabalhadora e com melhor distribuição de renda.
A união entre a classe trabalhadora e a população levará para as ruas das cidades brasileiras os maiores atos de protestos do país.
Vamos avançar com a pauta das classes trabalhadoras para termos um Brasil melhor.